4.8.18

Deve ser do calor...




Apesar dos 35 graus, lá apanhámos o autocarro para B..Cambrils, dando voltas a Salou… O passeio permite perceber como é que a sociedade espanhola se distribui dos mais ricos aos menos pobres… Sim, porque os pobres trabalham em condições deploráveis…
Salou é o coração da riqueza e assim o que vi nesta ida e volta basta-me…
De regresso a La Pineda, senti que os espanhóis quando vislumbram um português é como se estivessem a reencontrar um parente pobre...