18.1.18

Por estes dias

Saciada a fome, não resta nada. 
Nem a mortalha escapa à voragem.

Por estes dias, o mandarim repousa à espera que a Natureza o reintegre no jardim dos pássaros...

A tristeza que fica é a certeza de que nem a mortalha escapa à voragem...