Abexim me confesso

Nós todos, homens, que neste mundo vivemos opressos pelos vários desprezos dos felizes e pelas diversas insolências dos poderosos - que somos todos nós neste mundo, senão abexins?
Fernando Pessoa, Outubro 1935

8.3.18

Já só falta o garfo...

Há quem se espante, mas não sei porquê...
Quando se trata um assunto com ligeireza, uma vez, compreende-se, mas quando a superficialidade se torna regra, há que cortar o mal pela raiz...
Infelizmente, somos cada vez mais complacentes. Resignados, seguimos caminho... e ainda nos pedem um sorriso... um sorriso condicionado...
Talvez amanhã o sorriso seja natural
                                                           sem ponto nem vírgula...