Abexim me confesso

Nós todos, homens, que neste mundo vivemos opressos pelos vários desprezos dos felizes e pelas diversas insolências dos poderosos - que somos todos nós neste mundo, senão abexins?
Fernando Pessoa, Outubro 1935

4.4.18

Nem o plátano escapou!

Provavelmente, estou a ficar senil!
De qualquer modo, para quem nunca acreditou na evolução da espécie humana, aqui está mais uma prova de que esta prefere a farsola a qualquer atitude mais positiva...
Na mata do choupal, a natureza segue o seu curso, alheada dos disparates dos jovens que confundem a vida com a jocosidade.