1.4.18

Isto não é mentira!

É só passar, abrir os olhos e verificar com as próprias mãos ou, se quiserem, seguir o exemplo de S. Tomé...

Não sei se nos municípios existe a figura do zelador, mas penso que muitos riscos seriam evitados se os equipamentos fossem objeto de permanente vistoria...

S. Tomé terá sido o apóstolo que duvidou da ressurreição de Cristo, mesmo não sendo dia das mentiras...

(Este exemplo de desleixo reporta-se a um equipamento situado na Portela, Loures.)