8.5.18

apenas gente

«- mas – ia eu para dizer, mas calei-me de repente –» Herberto Helder, Letra Aberta


Há um ponto a partir do qual deixa de fazer sentido retorquir não tanto porque a gente seja mínima, mas porque é apenas gente.
Ora, se é gente é porque não ouve e o que vê é outra coisa, apenas gente.