15.6.17

Bom é que saibam...


«...e se queres recolher vontades, Blimunda, vai à procissão do Corpo de Deus, em tão numerosa multidão não hão de ser poucas as que se retirem, porque as procissões, bom é que saibam, são ocasiões em que as almas e os corpos se debilitam, a ponto de não serem capazes, sequer, de segurar as vontades, já o mesmo não sucede nas touradas, e também nos autos-de-fé, há neles e nelas um furor que torna mais fechadas as nuvens fechadas que as vontades são, mais fechadas e mais negras, é como na guerra, treva geral no interior dos homens.»
                            José Saramago, Memorial do Convento 

Anda por aí muito estudante que nunca viu uma procissão, e que, no caso de ter lido o impiedoso, terá ficado como uma representação deformada do espírito que anima as procissões dos dias que correm...
Portanto, ainda está a tempo de se deslocar à Baixa de modo a inteirar-se do cerimonial...
Há que pôr um pouco de ordem no caos para que vamos resvalando!