28.6.17

'Diferença de opinião' ministerial

Desacordo. A resposta é válida. A resposta não é válida.
Não sei se a pergunta foi bem formulada, custa-me, no entanto, que um ministro possa afirmar que se trata de «diferença de opinião».
Tempos houve em que a "opinião" não bastava para validar uma resposta.
A eterna questão da ambiguidade!

Bem sei que os tempos são outros! E parecem sofrer de flatulência...
(...)
Entretanto, e já decorreu uma semana, o Ministério da Educação decidiu não anular a prova de exame de Português (639)...
Espero que a decisão não resulte de uma mera opinião.