Abexim me confesso

Nós todos, homens, que neste mundo vivemos opressos pelos vários desprezos dos felizes e pelas diversas insolências dos poderosos - que somos todos nós neste mundo, senão abexins?
Fernando Pessoa, Outubro 1935

6.4.14

A voz e a emoção

A voz é o suporte acústico da palavra. Quando a voz se torna ininteligível, perdemos a emoção, embora, em muitas circunstâncias, a alteração da voz resulte da irrupção de uma tensão interior capaz de provocar comoção exterior ou, em alternativa, condenação pública.
Hoje a voz de João Perry (O Regresso a Casa, de Harold Pinter) fez-me lembrar uma outra voz de que já perdi o som, mas cuja emoção me acompanhará sempre...
Sei agora que mais do que as vozes memorizo emoções, pequenos gestos... Estes gestos e estas emoções ficam em mim como expressões de sensibilidade, de aproximação...

Em O Regresso a Casa (encenação de Jorge Silva Melo, também ele de regresso ao palco do D. Maria II), as múltiplas vozes enunciam ideias dos anos 60, libertárias, mas que se extinguem na enunciação que parece ser a verdadeira substância da vida. No lugar das palavras também há gestos mas falta-lhes a emoção, como expressão de sensibilidade, aproximação...Para Harold Pinter tudo não passa de jogo...